quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

5 livros que pretendo ler no próximo ano, sem falta!

Para quem não sabe, 2017 foi um falhanço total para a minha meta de livros lidos. Não consegui ler a quantidade que tinha planeado, nem alguns dos que eu tinha planeado inicialmente.

Li apenas 17 livros da meta de 25 que tinha planeado no início do ano. Ainda não sei se farei nova meta para 2018 ou não, mas existem alguns livros que eu não quero mesmo passar para 2019 sem ter lido. Decidi então fazer este post com alguns desses livros. No final do ano, direi se consegui lê-los ou não. Todos eles são livros que eu tenho aqui em casa, portanto não entram os livros que serão lançados no próximo ano e que pretendo ler também.

Caso não conheçam os livros em questão, podem ler a sinopse que eu colocarei por baixo de cada título.




“Eu Estive Aqui” de Gayle Forman

SINOPSE:

Cody fica chocada e arrasada com o suicídio de Meg, a sua melhor amiga. A pedido dos pais desta, Cody viaja até Tacoma, onde a amiga estudava, para reunir os seus pertences. Espantada, Cody descobre que Meg nunca lhe falara de inúmeros aspetos da sua vida. Por exemplo, os novos amigos, que são o tipo de pessoas com quem Meg nunca se daria antes de entrar para a faculdade, ou Ben, o vocalista de uma banda por quem a jovem se apaixonara. Porém, a sua maior descoberta ocorre quando acede ao computador de Meg e de repente tudo o que pensava que sabia sobre a morte da amiga se desmorona. Cody decide então levar esta descoberta às últimas consequências.

 

“Monstros Fantásticos e Onde Encontrá-los - O Argumento Original do Filme” de J. K. Rowling

SINOPSE:

A ação do filme Monstros Fantásticos e Onde Encontrá-los começa no ano de 1926, no momento em que Newt Scamander, representado por Eddie Redmayne, premiado com um Óscar da Academia, conclui uma viagem à volta do mundo para encontrar e documentar um conjunto extraordinário de criaturas mágicas.

Tendo chegado a Nova Iorque para uma breve paragem, ele poderia ter partido de imediato sem qualquer incidente... não fosse um No-Maj (termo americano para Muggle) chamado Jacob, uma pasta mágica perdida e a fuga de alguns dos monstros fantásticos recolhidos por Newt, que causam grandes problemas quer no mundo da feitiçaria quer no mundo No-Maj.

 

“Não Há Coincidências” de Margarida Rebelo Pinto

SINOPSE:

Não há coincidências conta as aventuras amorosas de Vera, uma "trintinha" solteira que oscila entre uma existência leve e o mito do príncipe encantado com quem sonha casar e ter filhos. Vera ama platonicamente João, vive com Tiago e tem um caso com Luís. Mas a sua vida muda quando se apaixona por Manel…

Eis uma narrativa divertida e envolvente que nos faz pensar que na vida não há coincidências.

 

“Delirium” de Lauren Oliver

SINOPSE:

Houve um tempo em que o amor era a coisa mais importante do mundo. As pessoas eram capazes de ir até ao fim do mundo para o encontrar. Faziam tudo por amor. Até matar. Finalmente, no século XXII, os cientistas descobrem a cura para o delírio do amor, uma perigosa pandemia que infecta milhões de pessoas todos os anos. E o governo passa a exigir que todos os cidadãos recebam o tratamento ao cumprirem 18 anos. Quando faltam apenas noventa e cinco dias para a tão aguardada cirurgia, Lena faz o impensável e sucumbe a uma irreprimível e incontrolável paixão…

 

“Gostas do que Vês?” de Rute Pinheiro Coelho

SINOPSE:

Natália e Cecília não se conhecem. São duas mulheres jovens muito diferentes, uma introvertida e amargurada, a outra confiante e determinada. Mas têm a irmaná-las o excesso de peso - e, apesar de cada uma lidar com ele à sua maneira, fugindo do espelho ou assumindo o corpo, a verdade é que nem sempre é fácil viver numa sociedade com os cânones de beleza instituídos e na qual se convive diariamente com o preconceito.

Natália está convencida de que não merece ser feliz; Cecília, pelo contrário, numa atitude desafiante, defende a beleza das suas curvas e o seu direito à felicidade, independentemente da diferença e da discriminação social.

Num mundo em que se mascara a felicidade com plásticas e dietas loucas, Rute Coelho construiu uma história realista e surpreendente sobre a forma como podemos e devemos assumir o nosso corpo, aprendendo a gostar dele através das mudanças necessárias.



Espero que consiga cumprir todas estas leituras no próximo ano! (Desejem-me boa sorte!)

Quanto a vocês, também tem livros que não querem de forma alguma deixar por ler no próximo ano? Se sim, contem-me nos comentários quais são!


Beijinhos e boas leituras!

Lia
 
 

1 comentário: