terça-feira, 12 de abril de 2016

Os Maias de Eça de Queiroz

Classificação: ⭐⭐
E aqui está um grande livro! E não quero com isto dizer que o livro é bom, mas que é realmente um grande livro! Com mais de 700 páginas que no meu caso foram lidas em tempo recorde!
Tal como o último livro que eu fiz uma resenha, também este foi uma leitura para as minhas aulas de Português.  É, eu sei, só tenho lido livros para as aulas ultimamente e se leram o meu primeiro post, estes não fazem de facto o meu estilo. 
Para quem não sabe, Os Maias é uma leitura obrigatória em Portugal, para o ensino secundário, já há longos anos e eu ainda não consegui perceber porquê. 
A história tem um enrredo principal que é em torno de uma família rica, os Maias, tendo por foco principal Afonso da Maia e a sua família: o filho, Pedro da Maia e os seus netos, Carlos da Maia e Maria da Maia. Porém, esta obra retrata também as pessoas que rodeiam esta família que frequentam o, tão famoso, Ramalhete, uma das casas da vasta fortuna da família.
Na realidade esta obra proporciona ao leitor uma noção aprofundada da sociedade portuguesa no século XIX, que aborda tópicos como o facto de existirem mulheres com amantes (fazendo disso uma coisa totalmente normal) e haver amores eternos e proibidos, traduzindo assim uma sociedade marcada pelo romantismo.
Ao longo desta obra ficamos a conhecer principalmente a personagem Carlos da Maia, as suas paixões, as suas vivências, as suas aprendizagens, acompanhando o seu amadurecimento. 
Quanto à linguagem desta obra, é uma linguagem bem característica desta época uma vez que também o autor da obra, Eça de Queiroz, viveu na época em que a obra é retratada. Sendo por este motivo uma linguagem um pouco diferente daquela a que costumamos ouvir atualmente, contendo palavras que acabaram por cair em desuso.
Esta obra é muito longa, pelo que algumas das "cenas" poderiam, na minha opinião, terem sido ocultadas sem que, houvesse alguma alteração no enrredo principal. Outra característica desta obra é a demasiada descrição que acaba por fazer com que o livro se torne massador e entediante. 
Há também algumas cenas de romance  que acabam por cortar com algum do entediamento, o que é algo positivo.
De qualquer forma esta obra acaba por ter mais pontos negativos do que positivos, na minha opinião, claro.
E vocês? Se já leram esta obra, o que acharam? Gostaram?
E quem não leu, ficou curioso para ler?
Deixem as voças opiniões nos comentários! 
Beijinhos e boas leituras!
Lia ❤

3 comentários:

  1. Esse livro parece ser muito bom, nunca ouvi falar dele, mas adoro livros falando do passado :)
    Amei o blog! Beijos!

    Semitributo.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O livro nem é mau, e para quem gosta de livros falando do passado como é o seu caso, eu super recomendo! :) Beijos! E obrigada, vou passar lá no seu blog, amo blogs literários!!!

      Eliminar
  2. Eu deveria ter lido este livro no período da escola? Deveria. Mas eu li? Não, eu não li e não tenho vontade. Apesar de parecer ter uma história até agradável, em nada me agrada essas 700 páginas. hahah

    Beijos

    Mia

    ResponderEliminar